Comunicado da Direcção – Associado Carlos Gomes

No dia 7 de Maio de 2017 a AKAPOR – Associação de Karaoke de Portugal realizou a sua 1ª Gala Anual.

Como é do conhecimento geral, a gala, para além da participação de vários artistas, consignava a atribuição de vários prémios atribuídos por categorias. A AKAPOR para tornar esses prémios ainda mais apelativos angariou vários patrocínios com empresas ligadas à área do Karaoke, que por sua vez se encarregariam de atribuir prémios que foram negociados antes do início do concurso.
Uma das categorias do concurso intitulava-se “Animador de Karaoke Revelação” que visava premiar o Animador de Karaoke que nesse ano tivesse surgido como revelação e tivesse surpreendido pela sua ascensão, o vencedor do prémio foi, após votação online, o Sr Carlos Filipe Gomes.
Os prémios para esse galardão seriam atribuídos pela empresa JGC Lda e pela empresa Evolution DJ que seriam respectivamente um período de subscrição de um pacote de streaming atribuído pela JGC , um curso de DJ e uns headphones atribuídos pela Evolution DJ .

Em relação aos prémios atribuídos pela JGC foram entregues de imediato uma vez que se tratava de um período de subscrição online que poderia ser feito a qualquer altura independentemente da distância. Quanto aos prémios atribuídos pela Evolution DJ o Sr Carlos Filipe Gomes prescindiu do curso de DJ uma vez que morando na Madeira não lhe seria possível frequentar o mesmo nas instalações da empresa que o ofereceu e ficou acordado que os headphones seriam enviados posteriormente por correio para a morada que nos facultou.

A AKAPOR facultou, assim que lhe foi entregue, a morada ao nosso patrocinador que se disponibilizou para fazer o envio em meados de Junho.

Pouco tempo depois o Sr Carlos Gomes entrou novamente em contacto com a Direcção de forma a saber a situação e mais uma vez a AKAPOR entrou em contacto com a Evolution DJ altura em que nos foi comunicado que tinha ocorrido um erro e que realmente o envio não tinha acontecido, mas que a situação iria ser resolvida a breve trecho. Após novo contacto do Sr Carlos Gomes em que nos referiu novamente que não tinha recebido os headphones colocámos o mesmo numa conversa de chat no facebook em que constava o Sr Carlos Gomes, o Presidente da AKAPOR e um funcionário da loja. Após alguns mal entendidos a loja comunicou-nos que fez o envio dos headphones no dia 8 de Agosto tendo para o efeito certificado junto de nós esse envio com um print do Email que enviaram à empresa transportadora GLS, sendo que para a associação se tratou logo ali de um assunto encerrado.

Em relação à conduta do Sr Carlos Gomes a AKAPOR não pode, nem vai permitir difamações públicas, nomeadamente no Facebook do supracitado Sr, acerca da sua idoneidade e da do seu Presidente. O referido Sr declarou que não desejava continuar a fazer parte desta associação, algo que foi devidamente entendido e acatado pela direcção da AKAPOR, contudo a publicação de prints de conversas privadas entre este Sr, membros da direcção e representantes de um patrocinador não pode ser tolerada, sendo que nesses prints constavam para além dos factos pertinentes para avaliar o grau de desagrado do Sr Carlos Gomes, conversas que em nada iriam contribuir para as queixas que apresentava.

A direcção da AKAPOR vê-se na obrigação de prestar este esclarecimento público perante as ameaças constantes de difamação perante outros sócios e/ou animadores de karaoke assim como perante as injúrias de que tem sido alvo no mural deste Sr.

A AKAPOR prestou as desculpas que lhe eram devidas e lamenta que o Sr Carlos Gomes não queira ver a situação resolvida mas sim partir para uma guerra que não vai conduzir a nada de bom.

Perante estes factos a AKAPOR pondera, após reunião de direcção, levantar um processo disciplinar ao seu associado.